Porta do banheiro: estudo para verticalidade (sem qualquer pretensão de casualidade)

Muito tempo na frente do espelho. Esse corredor da casa da minha mãe é o meu grande marcador da dança de todos os dias, desde antes dos doze anos. O espaço de investigação primeiro. O vídeo surge a partir da…

Porta do banheiro: estudo para verticalidade (sem qualquer pretensão de casualidade)

Source

0
(0)

Muito tempo na frente do espelho.
Esse corredor da casa da minha mãe é o meu grande marcador da dança de todos os dias, desde antes dos doze anos. O espaço de investigação primeiro.

O vídeo surge a partir da proposta de filmar em formato vertical – pensado para mídias digitais e, em especial, para o uso do celular. Aqui, a verticalidade é dada pela especificidade espacial; o formato das portas e do corredor. Como meu corpo entende e digere o espaço e as memórias afetivas que existem nele?

***
Videodança em formato vertical selecionada para o 1º Festival de Videodança Vertical de Campinas, realizado pelo Grupo Teia (MIS Campinas,SP, 2019). Vencedora de Troféu Destaque do evento, com banca composta por Karina Almeida, Ana Carolina Araújo e Cesar Baio.

***
Concepção e coreografia Ana C.
Montagem: Ana C., Felipe Castro.

0 / 5. 0

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *